Mesmo que discretamente, Botafogo trabalha pelo G4 – que seria vital

Ninguém fala abertamente, até pela orientação de Jair Ventura – externada por ele mesmo a cada entrevista – de pensar jogo a jogo. No entanto, o Botafogo trabalha como vital a presença na próxima Copa Libertadores. Após a campanha deste ano, que terminou nas quartas de final, mas cativou a torcida, conseguir nova vaga, agora entre os quatro melhores do Campeonato Brasileiro, é mais do que desejo. É considerado necessidade. Não chega a haver pressão nos bastidores, todavia os atletas já deixaram escapar essa meta após a vitória sobre o Coritiba, neste domingo.

– Esse time tem muita personalidade. Claro que sentimos a derrota de quarta (para o Grêmio), é natural. Quem não sentir nem deve estar aqui. Hoje foi dado um passo importante já para o ano que vem. Estou feliz em ajudar com o gol, sobretudo por entrarmos no G6 do campeonato. Agora que chegamos, temos que permanecer. Estamos próximos do G4 também. Vamos com o pensamento de irmos jogo a jogo, mas com ambição. Essa é a característica do nosso time – explicou Guilherme.

Gosta do nosso site?Confira mais detalhes completos Tabela do BrasileirãoTabela Brasileirão Série BTabela copa do brasil

O G4 e a consequente vaga na fase de grupos evitariam, de início, a segunda e a terceira fases do principal torneio do continente. O próprio Alvinegro percebeu como é ruim fisicamente perder duas semanas de preparação. Mas estar novamente na Liberta é importante por três motivos principais.

O primeiro é diretamente financeiro. Existe no clube a percepção de que o próximo ano será mais difícil que o atual. Além do aumento das parcelas do Profut e do Ato Trabalhista, R$ 40 milhões recebidos como luvas de assinatura do contrato pelos direitos de transmissão das partidas não serão vistos novamente (o contrato com a TV Globo é de três anos). Assim, os milhões pela participação na Libertadores, se não compensam, serão muito bem-vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *